IDÉIAS DO ESPOCKE


A morte não é o fim da vida, mas apenas da função biológica, da estrutura material, do corpo físico — a água não morre quando o gelo derrete, só experimenta outro estado. E nós também, após o falecimento. Existe algum motivo racional para o medo de abandonar o veículo corpóreo?
=====
O Criador — que seja glorificado — é absolutamente real. A Criação o é em sentido relativo, no entanto. O Sujeito é autônomo, mas não os objetos. A evidência fenomênica é subordinada ao Fato ontológico. O Ser é anterior ao existir. Portanto, quem somos nós?
=====
A lama vive de forma suja, é inevitável, ainda que esteja em um campo limpo. As flores, contudo, mesmo no chiqueiro são belas, cheirosas, inspiradoras. Não devemos fazer algo errado, quando ninguém estiver vendo. Quem é o principal alvo dos próprios erros ou buracos na estrada, senão justamente quem caminha de maneira tortuosa?