O BAÚ DO TESOURO

§ 1

Poucos negócios são mais lucrativos do que comprar um político corrupto pelo preço que vale e vender pelo preço que ele acredita que vale. O egoísmo apodrece as pessoas de tal modo que os mais gananciosos se tornam podres — podres de rico.


§ 2

Quando toda a sujeira do Brasil foi varrida para dentro de uma única lixeira, o acumulo de imundície produziu o funk. Pessoas mentalmente limpas não conseguem respirar seu ar pestilento. As varejeiras, entretanto, sentem o odor repulsivo à distância e correm para lamber a carne podre.


§ 3

O arrogante gosta de diminuir outras pessoas para se sentir maior do que elas. Faz isso porque é inseguro, seu amor-próprio é murcho e, no íntimo, ele se sente pequeno, sem valor: a arrogância é, portanto, um subproduto da falha de autoestima.